Documento com 4 páginas

OFERTA_FORMATIVA_2024

 

 

Informática

CET-Técnico Especialista em Gestão de Redes e Sistemas de Informação – Nível 5

(Em processo de aprovação)

PONTOS DE CRÉDITO: 104,25

DESCRIÇÃO DA QUALIFICAÇÃO: Efetuar, de forma autónoma ou sob orientação, a instalação e manutenção de redes e sistemas informáticos de apoio às diferentes áreas de gestão da organização, podendo assegurar a gestão e o funcionamento dos equipamentos informáticos e respetivas redes de comunicações

 

Atividades a desempenhar

Planear e projetar redes de comunicação, de acordo com as necessidades da organização e refletindo preocupações com a ergonomia e com a segurança
Instalar e configurar redes de comunicação, ao nível da infra-estrutura de cablagem, do sistema operativo, do equipamento e dos serviços, utilizando os procedimentos adequados, com vista a assegurar o correto funcionamento das mesmas
Gerir e manter redes de comunicação, sistemas, serviços e servidores, de forma segura, eficiente e fiável, com o objetivo de otimizar o funcionamento dos mesmos
Participar no projeto de um ambiente de trabalho seguro para redes empresariais

Planear, instalar, configurar, administrar e dar suporte a um sistema de bases de dados estruturadas
Instalar, configurar e administrar plataformas de correio eletrónico (e-mail) e serviços Web

 

https://catalogo.anqep.gov.pt/qualificacoesDetalhe/46

Acesso ao Ensino Superior

Permitem o prosseguimento de estudos no ensino superior através do regime geral de acesso ou através do Concurso Especial para detentores do Diploma de Especialização Tecnológica. Confere ainda equivalências a créditos em licenciaturas do ensino universitário e politécnico.
Para mais informações acerca do acesso ao ensino superior contacte a respetiva instituição de ensino.

Saídas Profissionais

Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos
Gestor/a de Redes
Técnico/a de Sistemas
Programador/a Cisco

Destinatários

Um Curso de Especialização Tecnológica é um curso pós-secundário que confere o Nível 5 de Qualificação Profissional do Quadro Nacional de Qualificações. Tem forte ligação ao mercado de trabalho, permite a continuação para o Ensino Superior, conferindo equivalências a créditos no ensino universitário e politécnico.

O acesso ao Ensino Superior pode ser realizado através do regime geral de acesso ou através do Concurso Especial para detentores do Diploma de Especialização Tecnológica, regulado pelo Decreto de Lei nº 113/2014 de 16 de julho.

 

Quem pode frequentar um CET?

– Candidatos titulares do nível 4 de qualificação;
– Candidatos com o 12º ano concluído;
– Candidatos titulares de um diploma de especialização tecnológica ou de um grau ou diploma de ensino superior e que pretendam uma requalificação profissional;
– Candidatos com 18 anos de idade ou mais à data de início da formação.

Curso Profissional Técnico de Informática e Sistemas – Nível 4

PONTOS DE CRÉDITO: 182,25

DESCRIÇÃO DA QUALIFICAÇÃO: Efetuar a instalação, a configuração e a manutenção de ferramentas, equipamentos e sistemas informáticos, suportados em diferentes plataformas e sistemas operativos, e proceder à gestão e administração de base de dados e ao desenvolvimento de software, assegurando a otimização do seu funcionamento e respeitando as normas de segurança, higiene e saúde no trabalho e de proteção do ambiente.
 

Saídas Profissionais

  • Técnico/a de Informática;
  • Técnico/a de Sistemas;
  • Programador/a de Software;
  • Web Developer;
  • Gestor/a de Conteúdos;
  • Help Desk;
  • Gestor/a de Redes.

Locais para exercer atividade

Empresas de desenvolvimento Web;
Software Houses;
Empresas de serviços para a Internet;
Lojas de venda de material informático;
Empresas de média e grande dimensão que usam plataformas informáticas.

Artes

Curso Profissional Técnico Desenho Digital 3D – Nível 4

PONTOS DE CRÉDITO: 189,00

DESCRIÇÃO DA QUALIFICAÇÃO: Desenvolver e integrar as ferramentas de computação gráfica na realização de ambientes virtuais.

 

Atividades a desempenhar:

  • Produzir elementos virtuais para visualização tridimensional nas áreas de arquitetura, engenharia, urbanismo, promoção imobiliária, design, televisão, cinema e publicidade
  • Elaborar peças desenhadas para apoio a gabinetes e empresas de projetos
  • Interpretar e analisar desenhos técnicos tendo em conta a observância de normas e regulamentos existentes, aumentando as capacidades analíticas
  • Produzir desenho livre, imagens, elementos animados e processos interativos de apresentação e visualização tridimensional
  • Colaborar em estudos diversos através da materialização tridimensional virtual
  • Produzir dossiers de apresentação e comunicação bem como elementos interativos tridimensionais
  • Integrar modelação tridimensional em fotografias e captação vídeo real para análise das variantes ambientais/ecológicas no impacto de projetos de arquitetura, engenharia e urbanismo, promoção imobiliária, design, televisão, cinema e publicidade
  • Efetuar edição e pós-produção vídeo para apresentação e divulgação em plataformas virtuais

https://catalogo.anqep.gov.pt/qualificacoesDetalhe/7195

Saídas Profissionais

Modelado/animador 3D
Motion designer 3D
Desenhador/a de arquitetura/engenharia
Design de interiores e equipamento
Design de jogos digitais
3D artist
Visualização científica 3D

Locais para exercer atividade

Ateliês de arquitetura, design e publicidade
Gabinetes de apoio técnico
Produtoras de televisão e cinema, editoras de ilustração e animação digital
Edição de ilustração científica
Produtoras de jogos digitais e animação multimédia

Curso Profissional Técnico Animação 2D e 3D – Nível 4

PONTOS DE CRÉDITO: 189,00

DESCRIÇÃO DA QUALIFICAÇÃO: Criar animações de imagens, manual ou digitalmente, a conceber o grafismo e o movimento em 2D / 3D, dotando os acontecimentos, objetos, ações e os gestos das personagens, de uma aparência de vida, utilizando as técnicas, os suportes e os requisitos artísticos necessários

 

Atividades a desempenhar:

Criar os personagens, objetos, acessórios, veículos, cenários e ambientes em 2D ou em 3D de um produto de animação através de uma série de imagens sucessivas que decompõem a narrativa em fases, planos e sequências
Criar os modelos que definem os parâmetros expressivos dos movimentos dos personagens assim como a criação das fases principais, intermediárias e complementares da animação dos personagens
Organizar, dirigir e acompanhar todos os trabalhos de execução e da montagem necessários à realização de uma animação em 2D / 3D conforme aos critérios técnicos adotados e aos requisitos artísticos exigidos

https://catalogo.anqep.gov.pt/qualificacoesDetalhe/7192

Saídas Profissionais

  • Assistente de produção, realização e animação
  • Ilustrador/a, técnico/a de animação 2d e 3d
  • Artista gráfico
  • Animador/a

Locais para exercer atividade

  • Agências de publicidade
  • Gabinetes de marketing/comunicação
  • Produtoras de conteúdos, cinema e animação
  • Produtoras de jogos

Gestão

Curso Profissional Técnico de Apoio à Gestão – Nível 4

PONTOS DE CRÉDITO: 193,50

DESCRIÇÃO DA QUALIFICAÇÃO: Assegurar a aplicação dos procedimentos técnico – administrativos necessários à elaboração, aplicação e atualização, dos instrumentos gerais de gestão, na empresa ou serviço público.

Atividades a desempenhar:

  • Recolher, selecionar e preparar a informação contabilística e financeira, para posterior análise e cumprimento das obrigações da gestão
  • Colaborar na identificação das necessidades de aprovisionamento e na escolha de equipamentos e materiais necessários ao desenvolvimento da atividade da empresa ou serviço público
  • Colaborar no desenvolvimento da política de marketing
  • Colaborar na organização e controlo dos procedimentos definidos para a aplicação e a manutenção do Sistema de Gestão da Qualidade
  • Executar e/ou assegurar a execução de tarefas administrativas de apoio à gestão de recursos humanos

https://catalogo.anqep.gov.pt/qualificacoesDetalhe/7388

Saídas Profissionais

Comercial
Marketing
Contabilidade
Recursos Humanos
Gestão da Qualidade
Controlo Interno
Compras
Gestão de Stocks
 
Criar o teu próprio negócio

Locais para exercer atividade

Qualquer tipo de instituição dos diferentes setores de atividade:
  • Financeiro
  • Retalho
  • Indústria
  • Serviços
 

Organização Curricular

Os Cursos Profissionais destinam-se aos alunos que tenham concluído o 9.º ano de escolaridade e que procurem um ensino mais prático e voltado para o mundo do trabalho, não excluindo a hipótese de, mais tarde, prosseguires estudos.

A carga horária organiza-se segundo unidades letivas de 50 minutos.

Os Cursos Profissionais têm uma estrutura curricular organizada por UFCD’s, o que permite maior flexibilidade.

O plano de estudos compreendem três componentes de formação:

  1. A componente sociocultural;
  2. A componente científica;
  3. A componente técnica.

A componente de formação técnica inclui obrigatoriamente uma formação em contexto de trabalho.

O plano de estudos dos cursos profissionais é o seguinte:


(a) Número de horas de formação. Carga horária não compartimentada pelos três anos do ciclo de formação a gerir pela escola, no âmbito da sua autonomia pedagógica, acautelando o equilíbrio da carga anual de forma a otimizar a gestão modular e a formação em contexto de trabalho.
(b) O aluno escolhe uma língua estrangeira. Se tiver estudado apenas uma língua estrangeira no ensino básico, inicia obrigatoriamente uma segunda língua no ensino secundário.
(c) Disciplinas científicas de base em função das qualificações profissionais a adquirir.
(d) Disciplinas de natureza tecnológica, técnica e prática estruturantes da qualificação profissional visada.
(e) A formação em contexto de trabalho visa a aquisição e o desenvolvimento de competências técnicas, relacionais e organizacionais relevantes para a qualificação profissional a adquirir.

 

Formação em Contexto de Trabalho

A Formação em Contexto de Trabalho (FCT) integra um conjunto de atividades profissionais desenvolvidas sob coordenação e acompanhamento da escola, que visam a aquisição ou o desenvolvimento de competências técnicas, relacionais e organizacionais relevantes para o perfil profissional visado pelo curso frequentado pelo aluno.

A Formação em Contexto de Trabalho realiza-se em empresas ou noutras organizações, sob a forma de experiências de trabalho por períodos de duração variável ao longo da formação, ou sob a forma de estágio em etapas intermédias ou na fase final do curso.

 

Prova de Aptidão Profissional

A Prova de Aptidão Profissional (PAP) consiste na apresentação e defesa, perante um júri, de um projeto, consubstanciado num produto, material ou intelectual, numa intervenção ou numa atuação, consoante a natureza dos cursos, bem como do respetivo relatório final de realização e apreciação crítica, demonstrativo de conhecimentos e competências profissionais adquiridos ao longo da formação e estruturante do futuro profissional do aluno.

 

Avaliação

Sobre os conhecimentos e capacidades a adquirir e a desenvolver no âmbito das disciplinas respeitantes a cada uma das componentes de formação e no plano de trabalho da FCT;
Sobre os conhecimentos, aptidões e atitudes identificados no perfil profissional associado à respetiva qualificação.

A avaliação assume carácter diagnóstico, formativo e sumativo, visando, designadamente:

  • Informar o aluno e o encarregado de educação e outras pessoas ou entidades legalmente autorizadas, quando for o caso, sobre os progressos, as dificuldades e os resultados obtidos na aprendizagem, esclarecendo as causas de sucesso ou insucesso;
  • Adequar e diferenciar as estratégias de ensino, estimulando o desenvolvimento global do aluno nas áreas cognitiva, afetiva, relacional, social e psicomotora;
  • Certificar a aprendizagem realizada;
  • Contribuir para a melhoria da qualidade do sistema educativo, possibilitando a tomada de decisões para o seu aperfeiçoamento e reforço da confiança social no seu funcionamento.

 

Conclusão e Certificação

A conclusão com aproveitamento de um curso profissional obtém-se pela aprovação em todas as disciplinas, na FCT e na PAP.

 

A conclusão de um curso profissional confere direito à emissão de:

Um diploma que certifique a conclusão do nível secundário de educação e indique o curso concluído, respetiva classificação final e o nível de qualificação do Quadro Nacional de Qualificações;
Um certificado de qualificações, que indique o nível de qualificação do Quadro Nacional de Qualificações e a média final do curso e discrimine as disciplinas do plano de estudo e respetivas classificações finais, os módulos das disciplinas da componente de formação técnica, a designação do projeto e a classificação obtida na respetiva PAP, bem como a classificação da FCT.